Monday, July 27, 2015

YAFAWI SFEEHA - Desafio Daring Bakers - Julho / 2015

27 Jul 2015


Mais um delicioso desafio lá das Arábias! Nossa anfitriã Manal, autora do Manal's Bites nos ensinou uma receita de esfiha da família dela e que é, no mínimo, diferente em sua forma, já que é espiralada.


The July Daring Bakers’ Challenge was brought to us by Manal from Manal’s Bites. She introduced us to an authentic Palestinian dish from Jaffa that is served as a main meal along with a bowl of soup or a salad. The “Yafawi Sfeeha” or also known as “Milwayeh” which means twisted, is crispy yet tender and full of flavor.


Como amantes da cozinha árabe que somos nós brasileiros, eu não podia deixar de testar essa receita tão autêntica! Vamos então, aprender a fazer "Yafawi Sfeeha" que, segundo nossa anfitriã, pode ser traduzido como "esfiha de Jaffa", sendo Jaffa (ou Java) uma região da Palestina, e de onde vem a mãe dela que a ensinou a receita.

A receita da massa desta esfiha pode ser usada tanto para recheios doces como salgados. A Manal sugeriu carne e queijo como opções salgadas e nozes como opção doce, esta última banhada em uma calda perfumada. Escolhi a de carne, a mais tradicional de todas, mas deixo as outras na "fila de desejos". 

A massa é de fácil manuseio e uma técnica diferente é usada para abri-la. O recheio que fiz ficou um pouco mais seco do que eu gostaria, provavelmente porque usei uma carne bem magra. No entanto, depois de assadas, as esfihas ficaram deliciosas!


YAFAWI SFEEHA

Massa:

420g (3 xícaras) de farinha de trigo

1 colher de chá de sal

1 colher de sopa de açúcar

3 colheres de sopa de leite em pó

3 colheres de sopa de óleo vegetal (usei Ghee)

1 xícara (aproximadamente) de água morna para dar ponto na massa

Ghee derretido para modelar a massa (pode usar azeite, mas ghee deixa a massa com melhor textura e sabor, segundo Manal)

 
Preparo:

Numa tigela grande, misture a farinha, sal, açúcar e leite em pó. Junte o óleo (ou Ghee) 


Misture com as pontas dos dedos e vá juntando a água morna até ficar meio grudenta.


Passe a massa para uma bancada e sove bem até ficar lisa (uns 12 minutos à mão). Pode fazer a massa numa batedeira também, usando o batedor de gancho.


Divida a massa em bolinhas do tamanho de bolas de golf (dividi em 12). Coloque as bolinhas na mesma tigela que usou para fazer a massa, bem untada com Ghee derretido. Unte as bolinhas fartamente com Ghee para que não ressequem. Tampe a tigela (ou cubra com plastico) e deixe descansar por algumas horas ou da noite para o dia (neste caso na geladeira)


Enquanto isso, prepare o recheio.


Recheio:

500g de carne moída 
(pode ser de boi, cordeiro, ou meio a meio; usei carne de boi magra e achei que ficou um pouco seco, portanto uma carne levemente mais gorda provavelmente resultará em um recheio mais suculento)

1 cebola média picada

1/2 colher de chá de sal

1/2 colher de chá de pimenta do reino

1 colher de chá de tempero "7 pimentas"
(pode-se usar o tempero árabe para quibe)

1 colher de chá de sumagre
(este tempero é difícil de achar por aqui e nossa anfitriã sugeriu um substituto: 3/4 colher de chá de raspas de casca de limão + 1/4 colher de chá de pimenta calabresa)


1 colher de sopa de molho de romã 
(encontrei com certa facilidade em um supermercado)


1/2 xícara de pinoles (opcional)
(não sou muito fã de pinoles, por isso substituí por castanhas do Brasil picadas)

Aqueça uma panela e frite a carne mexendo sempre, até que esteja cozida por igual. A receita manda cozinhar até que toda água se evapore, mas creio que tenha sido aí que meu recheio ficou mais seco do que eu gostaria. Portanto, cuidado com isso, principalmente se  a carne usada for magra, como a que eu usei.

Junte a cebola picada e cozinhe até que fique macia, uns 3 minutos.

Acrescente os temperos, misture bem  e retire do fogo. Junte o sumagre (ou casquinha de limão e pimenta), o molho de romã e os pinoles ou castanhas do Brasil. Deixe esfriar completamente, tampado para não secar.



Montagem:

Pré-aqueça o forno a 200°C.

Depois do descanso da massa, abra cada bolinha sobre uma forma rasa (usei forma de pizza), untada com Ghee. 

Vá esticando a massa com as mãos até conseguir um disco bem fininho. Unte as mãos se necessário. Por incrível que pareça, a massa se molda muito facilmente.



Forme um retângulo comprido dobrando dois lados para o centro.


Coloque uma carreira de recheio, de uma extremidade à outra.


Enrole apertando bem o recheio, mas tomando cuidado para não arrebentar a massa.


Vire a emenda para baixo e enrole como um caracol. Prenda a ponta por baixo.


Arrume em um tabuleiro untado com Ghee ou forrado com papel manteiga culinário.

Asse em forno pré-aquecido (200°C) até corar.

Pode ser servida com salada e coalhada seca (no verão) ou com sopa (no inverno). Eu servi a minha com Hummus! Par perfeito!


DICAS:

Na hora de dividir a massa, pese-a inteira e divida o valor por 12. O resultado será o peso de cada bolinha. Desta forma, as esfihas ficarão mais uniformes.

Divida o recheio em 12 partes iguais antes de rechear, assim não vai faltar nem sobrar recheio. Use a balança para um resultado mais preciso.

Após assadas, as esfihas podem ser mantidas abafadas para não ressecarem. Para isso, usei uma vaporeira (sem água) com tampa. As esfihas ficaram quentinhas por mais tempo e permaneceram macias.


As receitas originais e diretrizes para este desafio você encontra em THE DARING KITCHEN.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...